We've updated our Terms of Use. You can review the changes here.
/
  • Digital Album
    Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.
    Purchasable with gift card

      name your price

    You own this

     

1.
Vera Prima 02:52
Sol vai se abrir Cada manhã, lá fora Verde no mar Verde não evapora Flácidas nuvens de chuva Cheiro de terra molhada Vento se atira Sobre as águas e matas Se precipita Sobre o teto das casas A primavera conhece Flores que tem no seu bojo Venha cunhã Cunhar um filho, agora Casta maçã Casta Nossa Senhora Cálidas sombras num quadro Mulheres de Gauguin Hoje eu sei que o verão vai arder
2.
E vai chover nesta manhã Quero sonhar, enfim. Uma pessoa não é feliz Quando esqueceu de si. Chuva molhou o meu jardim Mas esqueci de mim. O que nasceu há de morrer Volta pra escuridão. Rememorar nesta manhã O vicejar do sol. Reverdecer nesta canção Alma que definhou. Sol dissipou a confusão Que a noite teceu. O teu sorriso recrudesceu Vontade de viver.
3.
Eu e você 03:07
Você já nem diz mais agora O que eu preciso ouvir O dia que passa em silêncio E eu que não saio daqui E eu que não quero dormir E eu que não devo dormir E eu que não devo dormir Certamente, sol lá fora… Quem tem asa nem se apavora Você conhece esse meu jeito Meio aflito, meio sem jeito Nada deu certo no dia E olha que ele era bonito Sem você só me mexo pro lado Sou bicho em jaula de circo E eu que não quero esquecer E eu que não devo esquecer E eu que não devo esquecer Claramente, te levo comigo… Dentro do peito, cardíaco abrigo Você conhece esse meu jeito Meio aflito, meio sem jeito
4.
Nós 03:52
…E vou embora pra casa Onde hoje eu possa encontrar você Inda mais que eu descobri Que ninguém quer ficar só E se hoje eu me mover Amanhã movemos nós E mais um trem vai partindo Leva quem não tem lugar E quem tem Mas agora eu sou feliz Liberdade é o bem maior E se hoje eu me perder Amanhã achamos nós Eu olho essa flor amarela Não faz sentido insistir na dor Já deixei meu coração se tornar Um grão vizir E se puder, faça um favor: Venha encontrar-me aqui
5.
O que acontece com meu tempo de falar? Eu demoro tanto nessa sanha de saber As palavras se espatifam quebram contra o mar Cacos na areia que completam o meu ser Cá comigo estou com os restos do que sou Contra o esquecimento lanço o pouco que sobrou Verde azul água toca os meus pés E o seu sal é o sol do meu mundo Viro de costas e vejo a costa E digo “sou parte do mar”
6.
Meu amor é assim Cheio de promessas Mesmo que a vida hoje me impeça Já nem tem mais nome O meu sentimento Ei, não vá mais longe, espere um momento Nada nesta vida te impede de partir Pois fique, no mais me ensine a não chorar No mais me explique aonde vou Meu amor, eu sei Você não vai voltar Mesmo que a vida hoje faça festa Mas eu sei também Tudo se revela Numa hora dessas estarei aí Pra beijar teus olhos, pra escutar tua dor Pois todos buscam consolo no seu par No teu mar lançar-me-ei adiante em busca de mim

credits

released October 14, 2009

license

all rights reserved

tags

contact / help

Contact As Irmãs da Providência

Streaming and
Download help

Report this album or account